Vasco pode ser eliminado da Taça Guanabara

Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br / Divulgação

O Cruzmaltino tem os mesmos seis pontos que o Volta Redonda e precisa de uma vitória na última rodada, contra a Portuguesa, em São Januário, para garantir a classificação. Se perder ou empatar terá que torcer para o Fluminense, que jogará com reservas, vencer a Volta Redonda, em Moça Bonita. Mas isso pode não garantir a classificação para as semifinais da Taça Guanabara, já que o clube pode ser denunciado pela escalação irregular dos novos reforços Jean e Gilberto.

Nesta segunda-feira, clubes interessados no assunto se debruçaram sobre as documentações de inscrição dos dois jogadores e constataram que o Boletim Informativo de Registro de Atletas (Bira) da FERJ, informa que as datas de inscrição ou de registro dos jogadores Jean e Gilberto, recentemente contratados pelo Vasco, são posteriores aos prazos previstos no regulamento para que ambos pudessem ter participado do jogo com o Resende, no dia 5 de fevereiro, pela terceira rodada da Taça Guanabara.

A denúncia pode ser feita com base no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, “incluir na equipe atleta em situação irregular”. A pena prevê, além de multa que pode ir de R$ 100 a R$ 100 mil, a perda de três pontos e mais a anulação da pontuação conquistada na partida, o que totalizaria seis pontos. O Vasco ganhou a partida por 2 a 1.

De acordo com o regulamento do campeonato, para atuar pela segunda, terceira ou quarta rodada da Taça Guanabara, um jogador precisa ter sido inscrito – ainda que sem toda a documentação – até dois dias úteis antes de cada partida. E teria que ter seu nome publicado no BIRA, sem pendências, até o último dia útil antes do jogo. Ou seja, para que enfrentassem o Resende, Jean e Gilberto teriam que ser inscritos até o dia 2 de fevereiro, além de ter seus nomes publicados no boletim da Ferj até o dia 3.

Quem consultar o BIRA, pode confirmar que a data de protocolo da inscrição do volante Jean era 3 de fevereiro. Um dia após o previsto no regulamento. E o campo “Gerado”, que equivaleria à publicação final, sem pendências, consta como 6 de fevereiro, às 13h50m. O que significaria que o jogador só cumpriu o previsto no regulamento no dia seguinte ao jogo, já que o Artigo 14 fala em publicação no BIRA, e não em publicação no boletim da CBF.

No caso do lateral Gilberto, a data de protocolo na Ferj está publicada no site como 2 de fevereiro, o que cumpre o regulamento. No entanto, a inscrição consta como gerada também no dia 6 de fevereiro, às 13h50m.

Alem do artigo 14, no Regulamento Geral de Competições, os artigos de 32 e 34 falam sobre a inscrição correta. Segundo o RGC, “para atletas não registrados, a inscrição fica condicionada a apresentação da documentação necessária para registro, dentro dos prazos regulamentares”; No inciso segundo, “considera-se Registro o vínculo desportivo de um atleta com uma entidade de prática, assim reconhecido pela Federação mediante publicação do ato correspondente no Boletim Informativo de Registro de Atleta (BIRA), sem pendências”; É ressaltado ainda no artigo 34 que “A simples entrega, na FERJ, da documentação de qualquer atleta e o respectivo protocolo, ou o encaminhamento via e-mail, não significa, em nenhuma hipótese, que o atleta esteja legalmente registrado, inscrito em uma competição e muito menos com condição de jogo”.

Flamengo bate time B do Botafogo por 2 a 1 no Engenhão

No primeiro clássico carioca do ano, Flamengo bate o Botafogo por 2 a 1 no Engenhão
No primeiro clássico carioca do ano, Flamengo bate o Botafogo por 2 a 1 no Engenhão

No primeiro clássico carioca do ano, Flamengo bate o Botafogo por 2 a 1 no Engenhão. Mesmo atuando com a equipe reserva, o Botafogo endureceu o jogo, com  o Flamengo tendo o maior domínio da posse de bola, criando boas oportunidades. No entanto, o Botafogo chegava com perigo nos contra-ataques.

O próximo compromisso rubro-negro será contra o América-MG, pela segunda rodada da Copa da Primeira Liga. O confronto ocorrerá nessa quinta-feira (16), no Estádio Bezerrão, em Brasília, com bola rolando a partir das 21:30h.

Cristóvão Borges volta ao Vasco e lembra início da carreira como treinador

O Dia

Rio – O retorno de Cristóvão Borges foi anunciado pelo Vasco, na última terça-feira. Após quatro anos, o técnico retoma o comando do Cruzmaltino, que o revelou como treinador. Nesta quarta-feira, Cristóvão vestiu a camisa da comissão técnica em São Januário e falou sobre as experiências vividas com a equipe entre 2011 e 2012.

Treinador falou pela primeira vez após o retorno para São Januário                    Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br / Divulgação

“Eu tô muito feliz. É uma sensação muito boa estar voltando para casa, onde comecei minha carreira e vivi junto com a torcida grandes momentos, momentos importantes. Estar voltando me traz boas lembranças. Estou bastante motivado para que a gente faça um 2017 maravilhoso e vitorioso”, disse o treinador em um vídeo postado nas redes sociais do clube.

Cristóvão Borges exaltou o papel da torcida na campanha que devolveu o Vasco à Primeira Divisão.

“Que a torcida continue dando várias demonstrações que sempre deu e que deu no final da temporada. Jogando junto e sendo decisiva, como sempre foi. Nós vamos precisar disso. Vou procurar corresponder a essa grandeza da nossa torcida e o fator decisivo que ela é com esse apoio que ela sempre nos deu. Vamos procurar ser merecedores disso fazendo um grande trabalho”, concluiu.

Guerrero iguala sua melhor marca, mas ainda é contestado no Fla

Guerrero - Flamengo

Artilheiro do Flamengo no Brasileirão e temporada, e decisivo nos últimos cinco jogos ao deixar sua marca quatro vezes, Guerrero alcançou uma grande marca ao balançar a rede na vitória por 2 a 0 contra o Santos, no último domingo. Ele chegou aos 18 gols no ano e igualou a sua melhor marca por um clube. No entanto, mesmo com esses feitos pelo Flamengo, o atacante ainda é questionado por parte da torcida rubro-negra, achando que ele fica devendo.

Afinal, marcar 18 gols é muito ou pouco? Levando em conta os últimos artilheiros do ano no Brasil, a marca deixa a desejar. Nesta temporada, Robinho é o artilheiro até agora ao fazer 25 gols pelo Atlético-MG. Em 2015 e 2014, Ricardo Oliveira e Magno Alves, respectivamente, balançaram as redes 37 vezes. Hernane ocupou o posto em 2013 com 36 gols e Neymar em 2012 ao fazer 42.

Pelo Flamengo, Guerrero igualou o número de gols que fez quando atuava com o Corinthians em 2013. Porém, ele precisou de 42 jogos para isso, enquanto pelo Timão foram 46 partidas.

Em entrevistas, os companheiros de Fla sempre saem em defesa do peruano quando ele passa em branco em alguns jogos. Segundo eles, Guerrero é muito importante porque dá trabalhos para os zagueiros, abre espaços e cria oportunidades. O atacante tem quatro assistências no ano, sendo três no Brasileiro, sendo o quarto no ranking rubro-negro neste quesito. Além disso, é o quinto do elenco que mais dá passes para finalizações, 30 no campeonato.

Na partida contra o Atlético-PR, Guerrero terá a chance de superar sua marca de gols por um clube. Além disso, ele está muito perto de terminar como o artilheiro do Flamengo no ano, isso porque o segundo na lista, Marcelo Cirino, tem 13. O último estrangeiro a conseguir isso pelo clube foi o sérvio Petkovic, um ídolo do Fla, em 2000. Talvez essa seja uma chance do peruano conquistar de vez a torcida rubro-negra.

Palmeiras é eneacampeão brasileiro

Esporte IG

Palmeiras é campeão brasileiro de 2016
CBF/Divulgação

Com a vitória por 1 a 0 diante da Chapecoense neste domingo, no Allianz Parque, o Palmeiras celebrou mais um título brasileiro na sua história. De acordo com as contas do próprio clube e também da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), esta foi a 9ª conquista alviverde do Campeonato Brasileiro – ou seja, eneacampeão.

A conta é simples. O Palmeiras contabiliza agora cinco títulos do Campeonato Brasileiro: 1972, 1973, 1993, 1994 e 2016; dois da Taça Brasil: 1960 e 1967; e outros dois do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o popular “Robertão”: 1967 e 1969.

Desde dezembro de 2010, a CBF reconhece como campeões brasileiros os clubes que conquistaram também a Taça Brasil e o Roberto Gomes Pedrosa. E é aí que mora a polêmica, já que o clube do Palestra Itália tem um título de cada torneio em 1967. Em outras palavras, dos nove brasileiros palmeirenses, dois foram conquistados no mesmo ano.

A entidade máxima do futebol nacional reconheceu os títulos após receber e analisar um documento chamado “Dossiê pela Unificação dos Títulos Brasileiros a Partir de 1959”, assinado por José Carlos Peres, fundador da ONG Santos Vivo, e pelo jornalista Odir Cunha.

Até por isso, o Santos se considera octacampeão brasileiro, por possuir cinco títulos da Taça Brasil, de 1961 a 1965, e do Robertão de 1968, além das duas conquistas do Campeonato Brasileiro, em 2002 e 2004. O time da Vila Belmiro, assim como o Palmeiras, também buscava o enea.

 

JORGINHO NÃO É MAIS O TÉCNICO DO VASCO

GloboEsporte.com

Jorginho deixa o Vasco após conseguir o acesso à Série AEstá definido: Jorginho não será o técnico do Vasco em 2017. Após conversa com o presidente Eurico Miranda nesta segunda-feira, ficou decidido que o treinador não continuará no comando da equipe na próxima temporada. Sábado, depois da vitória por 2 a 1, que garantiu o acesso à Primeira Divisão, ele já havia falado do tal encontro para definir seu futuro. Eurico concederá entrevista coletiva às 16h (de Brasília).

Na entrevista coletiva de sábado, Jorginho disse que conversaria com Eurico e que não sabia se continuaria no Vasco. O treinador citou “vozes internas e externas” que tentaram atrapalhar o seu trabalho durante o ano. Apesar de ter se mostrado incomodado com isso, preferiu não dar nomes às “vozes”.

Jorginho chegou ao Vasco em agosto de 2015 com a missão de salvar o time do rebaixamento para a Série B. Mesmo com a nítida reação na reta final do Campeonato Brasileiro, a equipe não conseguiu permanecer na Primeira Divisão.

Com a confiança do presidente Eurico Miranda, Jorginho continuou no cargo em 2016 e comandou a equipe em toda a temporada. No total, desde o ano passado, o treinador esteve à frente do time em 87 jogos. Foram 43 vitórias, 26 empates e 18 derrotas, e um aproveitamento total de 49%.

O Vasco terminou sua participação na Série B de 2016 na terceira colocação, com 65 pontos.

Procurado pelo PSG, Liverpool pede cerca de R$ 268 milhões por Philippe Coutinho

O Dia

Em ascensão, Philippe Coutinho vive boa fase no Liverpool, seu atual clube, e na seleção brasileira. E esse sucesso do jogador despertou o interesse de gigantes europeus, como o Barcelona e o Paris Saint-Germain. Segundo o site “Le10Sport”, o clube inglês teria pedido pelo menos € 75 milhões (R$ 268 milhões) pelo seu camisa 10.

Devido a boa fase, Philippe Coutinho (D) vem despertando cada vez mais interesse de outros clubesReuters

De acordo com o portal francês, o PSG chegou a conversar com o Liverpool por duas vezes. Na primeira oportunidade teve sua proposta de € 25 milhões (R$ 89,6 milhões) recusada. Após alguns meses, teria feito uma consulta ao clube inglês, que apresentou seu preço mínimo.

O Liverpool avisou que, para tirar Coutinho do clube, será necessário desembolsar € 75 milhões (R$ 268 milhões). O preço é três vezes maior que a oferta do PSG.

O portal ainda sinaliza que Coutinho é o mais novo desejado do dono do clube, Nasser Al Khelaifi, que teve sua tentativa frustada de contratar o atacante do Barcelona Neymar. Segundo o site, Coutinho é claramente uma prioridade e Nasser Al-Khelaifi não o deixará ir tão facilmente.